Blog
HomeBlogSurfando no Asfalto atinge sucesso em sua primeira edição

Surfando no Asfalto atinge sucesso em sua primeira edição

Surf no asfalto

Evento reuniu praticantes de diversas modalidades.

Não poderia ter sido mais positivo o saldo da primeira edição do Surfando no Asfalto. Parte da programação da Virada Esportiva, que agitou a cidade de São Paulo neste final de semana, o evento, idealizado por Eduardo Marques Grigoletto e realizado pela ReUnion Sports & Marketing, aconteceu no último sábado (22), no Parque da Independência, e gerou elogios de todos os envolvidos.

Quase 300 praticantes de diversas modalidades como o carveboard, o skate longboard, o freeboard, o flowboard, entre outras que também são opções de surf urbano, compareceram ao evento. Pessoas de outras cidades do estado e do país viajaram apenas para prestigiar o Surfando no Asfalto e mostraram-se surpresos com a estrutura e a organização que encontraram.

Surfando no Asfalto

“Vim representando a galera do Paraná e valeu muito à pena viajar até aqui para andar, pois a estrutura está animal! Além disso, o asfalto novo deu uma aderência excepcional. Se rolar outro em 2008, virei novamente com mais gente de lá”, afirmou o curitibano Léo Formiga, de 32 anos.

“Saí de São José dos Campos bem cedo só para prestigiar o Surfando no Asfalto. Fora os campeonatos, são poucos os eventos realizados. Então, temos que fazer um esforço para comparecer. Tudo está ótimo. O asfalto é novinho e as rampas são dez. Onde e quando organizarem outro, estarei presente”, disse Rique Froes, de 45 anos.

Reconhecidos campeões dos esportes radicais também compareceram ao evento. Assim como os amadores, os ídolos tiveram impressões positivas do Surfando no Asfalto.

“A idéia de abraçar várias modalidades é muito legal. É a primeira vez que venho em um evento em ladeira e estou achando bastante divertido. Dá muita adrenalina!”, comentou Piolho, 29, campeão mundial de street em 2000.

“O carve é bem parecido com o surfe e achei muito boa a experiência. Na verdade, os movimentos e as sensações lembram mais a pranchinha do que o long. Mesmo assim, adorei descer a ladeira e me divertir, pois andar numa área histórica do país é demais. Isso sem falar do visual, que é alucinante”, declarou Léo Paioli, 31, atual tetracampeão paulistano de surfe longboard.

A primeira edição do Surfando no Asfalto contou com os apoios de: Red Bull, Prefeitura de São Paulo, SPTuris, DropBoards, Hershey’s, Skate Paradise, SKT, Event Tools, Associação dos Surfistas da Grande São Paulo e Stand Up.

Veja as fotos: https://www.dropboards.com.br/galleries.php?Id=24&CategoryId=2&MediaId=38

1 comentário

  • Samra disse:

    Oi!Ele e9 bem maluco sim!Mas qual ciaddao que utiliza a bike como transporte num transito atual nao o e9?Eu sou considerada radical por todos pois levo meu filho pra todo lado de bike na sua cadeirinha.To tentando montar um blog bacana que mostra que da pra utilizar a bike como meio de transporte.aBracos,Aline

Deixe seu comentário